Quem não sabe escrever, desenha

Blecaute

Hoje faltou luz aqui na minha rua por aproximadamente uma hora.
Na lojinha de material de construção de frente pra minha janela não pensaram duas vezes: Sexta-feira, faltou luz? Fecharam as portas e foram pro boteco do lado o dono e os três funcionários. Naturalmente o boteco do lado também estava sem luz, mas daí vêm as delícias dessa vida. Afinal, sempre há de haver a cachaçinha, que de tão democrática, nem gelada precisa estar.

Uma horinha depois, volta a luz, reabrem as portas e voltam a trabalhar como se nada tivesse acontecido.

Eu ri.

Damm

Anúncios
Este post foi publicado em 05/08/2011 às 14:26. Ele está arquivado em crônica sobre nada e marcado , , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: