Quem não sabe escrever, desenha

Protesto!!! Proteste!!!

Você vê algo de errado nessa foto?

Nada? Nadinha?

Nada? Nadinha?

Talvez isso ajude:

E agora, José?

Banquinho fantasma pergunta: "Mamãe, gente existe?"

Em uma bela e aprazível noite, ainda que um tanto chuvosa, flanava eu, Doutor Oswald Zoronozov, pelo chamado Baixo Gávea quando me deparei com esse absurdo. Roubaram os 3 banquinhos onde os jovens costumavam se reunir em acaloradas noites tropicais. Não que eu me importe com os jovens, essas marionetes pré programadas para satisfazer suas próprias vontades, mas me sinto impelido a denunciar o abuso!!! Quer tenha sido pelas mãos de ladrões ou de pms, síndicos ou prefeitos, 3 pobres banquinhos inocentes e indefesos tiveram sua existência ceifada semana passada. Essa cidade, realmente está ficando cada vez mais violenta. Uma profunda perda na alma carioca.

Sim, sim!!!

E digo mais, meus caros!!! Reparem bem no buraco deixado pelos pobres banquinhos. Reparem bem!!! Sem dúvida é obra dos INTRA-TERRESTRES!!! Sim, eles mal tamparam o buraco, aquelas criaturas repugnantes!!! Mas eu, Doutor Oswald Zoronozov, único conhecedor do conlúio entre os intras e os poderes estabelecidos hei de ser ouvido!!! Sim, serei!!!

Mas sou um homem pró-ativo (e espada! Pro passivo, pedras!), já viajei o mundo, conheço cada segredo de cada recôndito desse globo, invertido globo… Não, não ficarei apenas reclamando!

Proponho abaixo soluções para essa afronta ao espaço público perpetrada na calada da noite.

A primeira, naturalmente, seria os próprios jovens que ali fornicam e cheiram maconha se embuírem de um espírito colaborativo e, de posse de tijolos e cimento, reconstruirem os pobres assentos. Ilustro:

O banquinho ressurge das entranhas da terra!!!

Solução 1: O banquinho ressurge das entranhas da terra!!!

Uma segunda opção seria uma espécie de homenagem póstuma a esses grandes bancos que tantos serviços prestaram à cidade durante tantos anos. Veja abaixo:

Solução 2: Descansem em paz, banquinhos

Solução 2: Descansem em paz, banquinhos

A terceira solução seria mais indicada à população soteropolitana, mas ainda assim válida, como vocês podem notar:

Mas essa cerveja me dá uma canseira...

Mas essa cerveja me dá uma canseira...

Como sou um senhor sempre disposto a ajudar o desenvolvimento da cidade, incansável, proponho uma última alternativa, sem dúvida a melhor de todas. Dia desses passeava com minha esposa pelo museu de arte moderna do rio de janeiro, quando vi na loja anexa, conhecida como Novo Desenho esses simpáticos pufes à venda e  creio que eles seriam uma alternativa digna à falta que os banquinhos farão.

Solução nº4: Simpáticos esses morrinhos, não?

Solução nº4: Simpáticos esses morrinhos, não?

Sim, sim, eu sei que parece estranho, mas na verdade é apenas uma forma de demonstrar minha generosidade, mostrar que não sou preconceituoso! Ora! Esse pufe deve ser feito por designeres, de onde se conclui que deve ter sido feito por uns veados. Demonstro assim minha suprema machesa ao provar que não sou homófobo, pois homofobia é medo, e medo é coisa de veado! Enfim, caguei! BWWAAAAAHAHAHAHAAH!!!

Sim, sim, jovens! Mãos à obra! Protestem! Protestemos!!!

Me despeço

Doutor Oswald Zoronozov

Anúncios
Este post foi publicado em 23/09/2009 às 17:40. Ele está arquivado em 1, crônica sobre nada e marcado , . Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

2 opiniões sobre “Protesto!!! Proteste!!!

  1. Guilherme em disse:

    será que esse texto também não foi obra dos INTRAs, que teriam substituído o simpático seu oswaldo pelo paranóico doutor oswald com o sinistro intúito de atrair a atenção da população para sua condição de reais controladores do planeta???!?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: